Governo quer dividir com oposição responsabilidade por quórum

:: Kennedy Alencar em 13/07/2017 22:22 ::

O governo pretende dividir com a oposição a responsabilidade para obter quórum suficiente na Câmara a fim de votar a autorização para o STF analisar a denúncia do Ministério Público. O presidente Michel Temer prefere votar logo o tema. No entanto, mudou a estratégia.

Há articulação em curso no início da noite desta quinta para tentar votar na próxima segunda-feira. No entanto, se a oposição quiser obstruir e não contribuir para que o quórum de 342 deputados seja alcançado, o governo não vai mobilizar a sua tropa.

No Palácio do Planalto, a avaliação é que, se a oposição não quiser votar, Temer não se importará de deixar o assunto parado ou engavetado na Câmara.

O outro tema do “SBT Brasil” foi a vitória de Temer na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, o que mostra força do governo para derrubar a primeira denúncia de Janot.

Assista aos temas:

Clique na imagem para ver o vídeo:
0.jpg

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios