“Minha preocupação foi mapear a literatura que está fora dos radares”

:: El Pais em 16/07/2017 12:54 ::

Pergunta. A última edição da Flip, em 2016, sofreu críticas de parte do movimento negro pela ausência de diversidade nas mesas. Desta vez, a programação é a mais diversa vista até agora, com grande presença feminina e de autores e autoras negros. Foi uma resposta a uma demanda?

Seguir leyendo.

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios