Pesquisa aborda relações entre religiões e presídios

:: UFJF em 17/07/2017 15:02 ::

33665071956_f222fd5b2c_z-630x418.jpg

Antonio Carlos da Rosa Silva Junior defendeu a tese de doutorado, no dia 28 de março, na UFJF (foto: Luiz Carlos Lima/UFJF)

Com o objetivo de estudar as relações religiosas estabelecidas em algumas prisões, o acadêmico Antonio Carlos da Rosa Silva Junior desenvolveu sua tese de doutorado na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). A pesquisa foi apresentada no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião, com o título “Um campo religioso prisional: Estado, religiões e religiosidades nos cárceres a partir do contexto juizforano.”

Para o estudo, o doutorando fez algumas visitas a presídios da região, com foco principal na Penitenciária Ariosvaldo Campos Pires (PPACP), onde cumprem pena os homens condenados em regime fechado e todas as mulheres em Juiz de Fora.

“Ali, acompanhei vários trabalhos desenvolvidos internamente, inclusive com visitas diuturnas entre dezembro de 2015 e março de 2016”, revela Antonio Carlos.

O pesquisador pontuou dois termos no trabalho: a rubrica “campo religioso brasileiro prisional”, pelo fato de ter constatado que as religiões não operam do mesmo modo fora e dentro dos cárceres por vários fatores. Um deles está na desneopentecostalização – outro marco distintivo academicamente – que consiste no abrandamento ou até abandono por muitas igrejas da dualidade dinheiro-demônio que as caracteriza fora dos muros da prisão.

Em uma perspectiva social, Antonio relata os impactos de seu estudo: “socialmente, a pesquisa se destacou por apresentar uma realidade ainda pouco explorada, qual seja, a das religiões nos cárceres. Através disso, me foi possível dialogar com conceitos, como secularização, laicidade, pluralismo e ecumenismo, além de mostrar um pouco das agruras das prisões e dar voz aos detentos.”

O professor orientador, Marcelo Ayres Camurça Lima, ressalta a contribuição da pesquisa em diferentes perspectivas de atuação. “ A pesquisa contribui para o estudo da religião e da segurança pública, com uma análise rigorosa da legislação de presídios que permitem as manifestações religiosas dos detentos e da abordagem das instituições religiosas, para com seus fiéis em um contexto prisional. ”

Contatos:
Antonio Carlos da Rosa Silva Júnior (doutorando)
acarlos_juridico@yahoo.com.br

Marcelo Ayres Camurça Lima (orientador – UFJF)
mcamurca@terra.com.br

Banca Examinadora:
Prof. Dr. Marcelo Ayres Camurça Lima (Orientador – UFJF)
Prof. Dr. Dilip Loundo (UFJF)
Profa. Dra. Elisa Rodrigues (UFJF)
Prof. Dr. Abimar Oliveira de Moraes (PUC-Rio)
Profa. Dra. Eva Lenita Scheliga (UFPR)

Outras informações: (32) 2102-3116-Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios