Alunos participam de competição regional de off-road

:: UFJF em 11/08/2017 17:11 ::

Colocar em prática o trabalho desenvolvido por meses, valorizando a oportunidade de disputar uma competição de carros off-roads com universidades de todo Sudeste. Esse é o sentimento dos alunos da equipe Rampage, da Faculdade de Engenharia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), que se preparam para o Baja SAE Regional. A competição acontece entre os dias 18 e 20 de agosto, na cidade de Piracicaba (SP), e contará com participação de 34 equipes.

carro-630x420.jpg

Equipe Rampage, da Faculdade de Engenharia, tem como meta realizar todas as fases das provas a serem disputadas em Piracicaba (SP) (Foto: Fayne Ferrari/UFJF)

O torneio é composto por duas fase de avaliação.

A primeira é estática, sendo composta pelos processos do projeto: projeção, construção e validação de segurança, a partir de testes. Posteriormente, ocorrem as avaliações dinâmicas, que englobam atribuições como velocidade, aceleração, e o principal quesito, a resistência, que exige dos competidores para que o carro consiga percorrer o circuito off-road por um período de quatro horas.

A meta da equipe é realizar todas as fases e “ver como o carro vai responder”, afirma o estudante de Ciências Exatas, Túlio Sacarlatelli. Na última etapa regional, ocorrida em 2016, também em Piracicaba (SP), a Rampage teve problemas na fase estática, e acabou não conseguindo disputar a dinâmica. Essa foi a primeira competição que o grupo participou. Após essa etapa, a equipe participou da divisão nacional, em São José dos Campos (SP), onde concorreu com equipes com mais de 20 anos de atividades.

Com quase dois anos de existência, a equipe mostra ter amadurecido com a experiência adquirida nessas disputas. O aluno de Engenharia Mecânica, Fernando Minarini, lembra que a preparação para última etapa regional teve uma alta carga de trabalho nos dias que antecederam a competição, fazendo com que os alunos dormissem na garagem para realizar os últimos ajustes. “A preparação para essa fase está bem mais tranquila. Na última, teve gente que ficou sem tomar banho durante dias para deixar o carro ajustado”, brinca Minarini.

Para participar da competição, os estudantes contam com apoio da UFJF, que fornecerá uma van e um caminhão de apoio para transporte do material. Mesmo assim, os custos ainda são relativamente altos para os membros, que necessitam de outros recursos para financiar alimentação e hospedagem no local, por exemplo.

Como meio para subsidiar esses gastos, a equipe está elaborando diversas ações, como venda de chaveiros, óculos e adesivos em locais como Som Aberto, Restaurante Universitário (RU) e corredores da Faculdade de Engenharia. Outras atividades complementares estão sendo planejadas, como a exposição do carro no próximo sábado, dia 12, das 9 às 13h, em frente ao Cine-Theatro Central. Na oportunidade, o grupo demonstrará o veículo off-road e suas particularidades técnicas, além de realizar a venda de produtos personalizados.

Competitividade e intercâmbio de conhecimento

carro1-300x200.jpg

Competição promove o intercâmbio de conhecimentos dentro da garagem, na área dos galpões da Engenharia (Foto: Fayne Ferrari/UFJF)

Engana-se quem pensa que o espírito competitivo seja predominante entre as equipes que competem na SAE. Todos os participantes da Rampage destacaram a colaboração entre os membros de todas as equipes do Brasil, seja dentro ou fora do campeonato. “Cada membro está em um grupo de whatsapp com gente de todo o Brasil. É uma forma de trocar conhecimento com todas as pessoas que vivem essa rotina em suas equipes.” conta a aluna de Engenharia Mecânica Brenda Félix, que recentemente conversou com equipes de Viçosa (MG) e Belém (PA).

Outra oportunidade de intercâmbio de conhecimentos está dentro da garagem do projeto, localizado na área dos galpões da Engenharia. Nos termos modernos, pode-se afirmar que trata-se de um espaço de coworking. Ali estão alunos de diversos cursos da Universidade, como Engenharia Elétrica, Mecânica Civil, Ciências Exatas (ICE), Artes e Design (IAD) e Economia, que desenvolvem juntos habilidades como gestão, trabalho em grupo e lideranças.

“Queremos cada vez mais pessoas de diferentes graduações, pois é uma oportunidade de experiência profissional ainda na academia, de desenvolver diferentes aspectos de outros cursos e de aprender a se expressar. Aqui aprendemos trabalhar em grupo, gerando responsabilidade e amadurecimento”, declara o aluno de Economia, Gabriel Sacarlatelli.

Sobre a Sae

A SAE é uma sociedade fundada em 1905, que tem como foco desenvolvimentos em engenharia. As competições de Baja foram criadas em 1976 e introduzidas em nosso País em 1995 pela SAE Brasil, filiada à SAE International. No Brasil, além das competições Baja, a sociedade realiza disputas entre estudantes em áreas como a aeronáutica e carros Fórmula.

Outras informações: Rampage Baja

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Anúncios