Um grande time

:: Tostão em 26/03/2017 02:57 ::

A seleção brasileira já está pronta. O perigo é ter ficado pronta antes da Copa. Leia mais (03/26/2017 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

A ambição de querer ser sempre melhor é o ruído que move os craques

:: Tostão em 22/03/2017 04:10 ::

446304-970x600-1.jpeg

O futebol em todo o mundo vive, na média, um bom momento, com jogos emocionantes, boa qualidade técnica e tática e muita procura do gol. Foi o que vimos no clássico entre Santos e Palmeiras. Leia mais (03/22/2017 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

O futebol está repleto de rituais, clichês, lendas e superstições

:: Tostão em 19/03/2017 06:40 ::

639265-970x600-1.jpeg

Nesta semana, recomeçam as eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia. O Brasil terá uma partida difícil, fora de casa, contra o Uruguai, mesmo sem Suárez, e outra, que não é fácil, no Itaquerão. O Paraguai é, individualmente, modesto, mas costuma dificultar a vitória de qualquer grande seleção. Leia mais (03/19/2017 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Saber compartimentado

:: Tostão em 15/03/2017 05:56 ::

É bastante prematuro avaliar a Libertadores após uma rodada, mas minha expectativa, que pode estar equivocada, é a de que os times brasileiros se reforçaram e os rivais sul-americanos se enfraqueceram, por causa do aumento, pelos clubes do Brasil, do grande número de bons jogadores desses países. Leia mais (03/15/2017 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Nepotismo, corrupção e troca de favores são pragas nacionais

:: Tostão em 12/03/2017 05:56 ::

15188121.jpeg

Na semana passada, escrevi que tinha receio de que Tite, ao convocar certos profissionais para a comissão técnica e alguns jogadores que trabalharam com ele e que foram bem, cometa o mesmo erro de Felipão, na Copa de 2014. Não afirmei nem insinuei que Tite esteja formando uma patota, embora essa prática seja frequente no país. Leia mais (03/12/2017 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Hoje é dia de muitos jogos e de bom futebol, na América do Sul e na Europa

:: Tostão em 08/03/2017 05:07 ::

17036115.jpeg

Começou ontem a fase de grupos da Libertadores. A derrota nos pênaltis para o Fluminense pode ter um efeito positivo para o Flamengo, que estava sendo excessivamente elogiado por causa de vitórias no Estadual. O time é bom, nada mais que isso. É previsível e cruza demais a bola na área.
Continuar lendo

O futebol está repleto de modismos e clichês estranhos e inexplicáveis

:: Tostão em 05/03/2017 06:58 ::

De vez em quando, faço observações, comentários, elogios ou críticas ao trabalho da imprensa esportiva. Não tenho nenhuma pretensão de ser melhor que ninguém. Tudo o que escrevo pode ser contestado. Sei de minhas limitações e de minha insignificância. Leia mais (03/05/2017 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Os centroavantes, típicos ou não, são referências espaciais para os jogadores

:: Tostão em 01/03/2017 03:04 ::

17052389.jpeg

De tempos em tempos, alguém decreta o fim dos centroavantes. Parreira, certa vez, falou que o futuro era o 4-6-0, sem centroavante. Independentemente das características, continuam importantes e decisivos. Leia mais (03/01/2017 – 02h00)

Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Cada vez mais os técnicos seguem o modelo de Guardiola e Sampaoli

:: Tostão em 26/02/2017 04:59 ::


Até anos atrás, os treinadores eram divididos entre a maioria absoluta, que priorizava o início da marcação no meio-campo ou mais recuada para contra-atacar -pressionava em apenas parte do jogo-, e os raros, como Guardiola, Sampaoli e Bielsa, que preferiam a pressão em quem estava com a bola, em todo o campo, mesmo correndo riscos de deixar muitos espaços na defesa para o contragolpe.
Leia mais (02/26/2017 – 02h00)


Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.

Zé Regrinha e Zé Corrupto

:: Tostão em 22/02/2017 03:44 ::


Como Atlético-PR e Coritiba não fizeram acordo com a TV Globo, decidiram fazer a transmissão do clássico pela internet. Além dos 25 mil torcedores presentes no estádio, havia, segundo noticiário, 170 mil conectados no momento do jogo. Aí, o árbitro, por ordem da federação paranaense, cancelou-o com a alegação de que os profissionais contratados para trabalhar na transmissão não estavam credenciados. Teriam de ter feito o credenciamento com até 48 horas de antecedência.
Leia mais (02/22/2017 – 02h00)


Clique aqui para ver esta matéria na fonte original.